5 de ago de 2011

O que custa Brasil?

• E todos continuam soltos...
• Só no Brasil a nova ponte do Rio Guaíba não foi o caminho mais curto entre o Ministério dos Transportes e a penitenciária.
Photobucket
• Mês passado, o governo da China inaugurou a ponte da baía de Jiaodhou, que liga o porto de Qingdao à ilha de Huangdao. Construído em quatro anos, o colosso sobre o mar tem 42 quilômetros de extensão e custou o equivalente a R$2,4 bilhões.
• Há semanas, o DNIT escolheu o projeto da nova ponte do Guaíba, em Ponte Alegre, uma das mais vistosas promessas da candidata Dilma Rousseff. Confiado ao Ministério dos Transportes, o colosso sobre o rio deveria ficar pronto em quatro anos. Com 2,9 quilômetros de extensão, vai engolir R$ 1,16 bilhão.
Intrigado, o matemático gaúcho Gilberto Flach resolveu estabelecer algumas comparações entre a ponte do Guaíba e a chinesa. Numa edição do jornal Zero Hora publicou o espantoso confronto númerico resumido no quadro abaixo:
Photobucket
• Os números informam que, se o Guaíba ficasse na China, a obra seria concluída em 102 dias, ao preço de R$ 170 milhões. Se a baía de Jiadhou ficasse no Brasil, a ponte não teria prazo para terminar e seria calculada em trilhões. Como o Ministério dos Transportes está arrendado ao PR, financiado por propinas, barganhas e permutas ilegais, o País do Carnaval abrigaria o partido mais rico do mundo.
• Depois de ter ordenado o afastamento dos oficiais, aí incluído o coronel do DNIT, Dilma Rousseff, diante de novas evidências, aceitou a demissão do Ministro dos Transportes, mesmo depois de haver dito O governo manifesta sua confiança no ministro Alfredo Nascimento. E havia anunciado que O ministro era o responsável pela coordenação do processo de apuração das denúncias feitas contra o Ministério dos Transportes, o que poderia ter sido traduzido como que ao invés de demitir o chefe mais que suspeito, Dilma iria encarregá-lo de investigar os chefiados.
• Mas e as Punições? Quais Órgãos vão agir no caso? E as restituições aos Cofres Públicos de quem doou valores pagos a mais, em excesso. E quanto aos Projetos em andamento e aos novos, já licitados mas ainda a serem iniciados?
• E o espantoso Orçamento Inicial de várias dezenas de bilhões de reais para o trem-bala Rio-SP e que continua com seus valores crescentes? Por esse custo poderiam ser feitas muitas outra obras de infra-estrutura muito mais úteis e que melhorando as condições físicas e operacionais desta, reduziriam o Custo Brasil e aumentariam a competitividade internacional das nossas produções, aumentando as nossas exportações e gerando mais empregos e rendas.
• Observe-se que o Consórcio Concer, que explora a Rio-Petrópolis, anunciou uma nova estrada de subida para esta estrada, 5 km mais curta e com um túnel de 5 km, que será o maior em estradas rodoviárias do país, a um custo de R$ 670,00 milhões. Tal seja, esta nova estrada, super útil posto que beneficiará muitos milhares de usuários/dia, custará menos de R$ 1 bilhão.
• Corruptos existem em qualquer lugar. A diferença é que o Brasil institucionalizou a impunidade. Se tentasse fazer em outros países uma ponte como a do Guaíba, o hoje senador Alfredo Nascimento, defenestraria parceiros (ou não), mostrando que o castigo começa com a demissão e termina na cadeia.
"O Universo funciona como um espelho e tudo aquilo que transmitimos retorna para nós amplificado."

Nenhum comentário: