10 de mar de 2011

Nada supera o amor

Photobucket
E, quando a vida te cobrar esforços
que julgas estarem acima da sua capacidade,
pede a Deus que te envie força.
se os amigos desaparecerem na hora da angústia,
os telefones silenciarem, os emails voltarem,
e sentir-se muito só,
pede a Deus que te envie anjos;

Se a tua visão ficar escurecida pelas lágrimas que insistem em cair,
se não conseguir avistar uma solução para os teus problemas,
pede a Deus inspiração;
se não suportar a dor da traição,
se o coração gemer de dor da saudade,
ajoelha-te e peça a Deus amparo, apoio invisível;
se a doença te corrói a alma,
se o vício te devora em largas tragadas,
se as drogas te dominam,
pede sustenção ao Pai que tudo vê;
se estás cercado por ingratos,
se a injustiça te é por companheira,
ora com fervor e pede mais humildade,
para continuar fazendo o bem sem esperar nada em troca;

Se tudo te aflige, se a sua vida é uma somatória de enganos,
de dores e aflições, peça apenas amor,
aprenda a amar sem distinção, sem obrigação,
sem esperar recompensa, a não ser o próprio amor;
nada é mais forte que o amor
que é tão generoso que perdoa sem pedir perdão,
que transforma água em remédio,
desafeto em amizade,
amizade em família,
paixão em eternidade,
e a nós mesmos, de simples amigos, em irmãos.

Segura a minha mão, você não está mais sozinho,
a Luz que resplandece o rosto de Cristo, te envolve por inteiro,
assustando a tristeza, afugentando as sombras,
trazendo esperança e renovação.

Se o mundo te negou tudo o que você,
Deus através do amor,
refaz teus sonhos e você pode acreditar no mundo melhor,
onde só sossegaremos,
quando o último irmão faminto for saciado,
o maltrapilho for vestido,
e o infeliz, consolado.

Se tens algo a pedir para Deus,
que seja o amor, que é o instrumento divino de transformação verdadeira.
Não tenha medo de amar, de recomeçar, de transformar,
afinal de contas, tudo começa com um gesto,
com uma atitude, com um desejo,
e eu desejo que você realmente seja feliz.

Eu acredito em você!
(Paulo Roberto Gaefke)

"O destino decide quem vamos encontrar na vida... as atitudes decidem quem fica..."

Em um seminário sobre casamento e relações conjugais, Mark Gungor fala sobre as diferenças entre os cérebros masculino e feminino.

Nenhum comentário: