28 de set de 2010

Ó mundo.....imundo

A crise
"Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo.
A crise é a melhor bênção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos.
A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura.
É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias.
Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar superado.
Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que às soluções.
A verdadeira crise, é a crise da incompetência.
O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis.
Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia.
Sem crise não há mérito.
É na crise que se aflora o melhor de cada um.
Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la." (Einstein)

Herança maldita
Entre os ingredientes da chamada herança maldita, de um governo para o governo que o sucede (a expressão foi muito usada nos primeiros quatro anos de Lula) estão os restos apagar. São os pagamentos pendentes que um novo governante herda e tem que pagar. FHC legou a Lula cerca de R$ 22,6 bilhões e só de investimentos, eram R$ 6,6 bilhões (em valores atualizados pelo IPCA). Agora, os primeiros estudos sobre quanto Lula deixará a seu sucessor (ou sucessora), depois de oito anos de governo, apontam para um bolo de pagamentos pendurados de cerca de R$ 90 bilhões. Será um novo recorde da era Lula. Se a pupila Dilma Rousseff chegar ao Planalto, vai encontrar a casa caindo e especialmente as obras do PAC 2 poderão virar pura ficção. Se Serra sentar lá, principais problemas, de cara, serão o aumento de 10% aos aposentados e a elevação do salário-mínimo para R$ 600. Ele já considera o PAC2 ficção. (GibaUm)


Verdade a nu
Sra. Dilma, o Brasil é credor do FMI sim. Estudos do Banco Central projetam que, até o final de 2010, a dívida externa do país superará US$ 250 bilhões, ou seja, cerca de meio trilhão de reais. Por outro lado, a dívida pública brasileira, que Lula encontrou em R$ 600 bilhões em 2003, encostará em dezembro em R$ 2 trilhões.

Transporte solidário de ambulância
Esse serviço que é gratuito, basta apenas ligar e fazer o cadastro do paciente, que precisa fazer hemodiálise , quimioterapia e radioterapia.
A ambulância pega o paciente em casa, leva até o hospital para o tratamento e retorna para casa. O telefone é do quartel de bombeiros do Maracanã - (21) 2334-2234. Divulgar para pessoas que precisam utilizar deste serviço.

Nenhum comentário: