12 de ago de 2010

Exemplo de Vida_Vitória Martins

Talvez seja pouco, muito pouco mesmo, as letras abaixo de Cora Coralina expressando o que é ser Mulher, aquela desde nascida enfrenta bravamente as vicissitudes da vida e caminha com uma força descomunal. Uma mulher vale por mil homens, dádiva através dela termos nascido e por ela nos deixarmos levar por propósitos outros. Leiam abaixo e depois vejam o vídeo. (ArmandoAndrade)

Este é um poema de amor
tão meigo, tão terno, tão teu...
É uma oferenda aos teus momentos
de luta e de brisa e de céu...
E eu,
quero te servir a poesia
numa concha azul do mar
ou numa cesta de flores do campo.
Talvez tu possas entender o meu amor.
Mas se isso não acontecer,
não importa.
Já está declarado e estampado
nas linhas e entrelinhas
deste pequeno poema,
o verso;
o tão famoso e inesperado verso que
te deixará pasmo, surpreso, perplexo...
eu te amo, perdoa-me, eu te amo...
"Poeminha Amoroso"

Nenhum comentário: