26 de jul de 2010

O cotidiano político nos leva ao banheiro

O rei da basófia
- "Pretendo continuar a contribuir na política brasileira, não me metendo em questões do dia a dia, mas levantando bandeiras fundamentais para o Brasil".
Não mencionou todos os estandantes que planeja desfraldar. Mas citou aquele que lhe parece prioritário. Vai "começar pela reforma política". Curioso, muito curioso, curiosíssimo. Lula se dispõe a fazer como ex o que não fez em oito anos de presidência.

Jogando nas duas
"A verdade é que o deputado Michel Temer, principalmente por questões éticas e morais, deveria se licenciar do seu posto de presidente da Câmara até o final da campanha eleitoral. No caso desta nova MP, a 496, são tantos os assuntos relacionados na medida, e que não possuem qualquer conexão entre si, que será um escárnio se a Mesa Diretora da Câmara colocá-la em votação. Ao se manter na presidência da Casa durante o próximo esforço concentrado do Congresso (na primeira semana de agosto), e aceitar votar esta medida, Temer estará se acumpliciando ao esforço do presidente Lula de desmoralizar e desqualificar o Congresso Nacional como instituição". (Roberto Jefferson)

Já existe vacina anti-câncer (pele e rins)
Desenvolvida por cientistas médicos brasileiros, uma vacina para estes dois tipos de câncer, que se mostrou eficaz, tanto no estágio inicial como em fase mais avançada. A vacina é fabricada em laboratório utilizando um pequeno pedaço do tumor do próprio paciente. Em 30 dias está pronta, e é remetida para o médico oncologista do paciente. Nome do médico que desenvolveu a vacina: José Alexandre Barbuto - Hospital Sírio Libanês - Grupo Genoma. Telefone do Laboratório: 0800-7737327 - (falar com dra. Ana Carolina ou dra.. Karyn, para maiores detalhes)

Fatos, apenas fatos
Marta acordou certa manhã, após a quimioterapia, olhou no espelho e percebeu que tinha somente três fios de cabelo na cabeça, então disse:
- "Bem, acho que vou trançar meus cabelos hoje."
Assim ela fez, e teve um dia maravilhoso. No dia seguinte, ao acordar, olhou no espelho e viu que tinha somente dois fios de cabelo.
- "Hummm, acho que vou repartir meu cabelo ao meio hoje."
Assim ela fez e teve um dia magnífico. No dia seguinte, ela acordou, olhou no espelho e percebeu que tinha apenas um fio de cabelo.
- "Bem (ela disse), hoje vou fazer um "rabo de cavalo"."
Assim ela fez e teve um dia divertido. No dia seguinte, olhou no espelho e percebeu que não havia um único fio de cabelo na cabeça.
- "Yeeesss, hoje não tenho que pentear meu cabelo!"
Não dá pra mudar os fatos. Mas dá pra mudar o que ainda está por acontecer, e isso depende da atitude que tomamos frente às situações que a vida nos apresenta.
Somente 10% do que acontece em nossas vidas são fatos que não podemos mudar. Os outros 90% depende da atitude que tomamos. (AD)

A forma de falar a verdade
Certa vez, um sultão sonhou que havia perdido todos os dentes. Ele acordou assustado e mandou chamar um sábio para que interpretasse o sonho.
- Que desgraça, senhor! - exclamou o sábio - cada dente caído representa a perda de um parente de vossa majestade!
- Mas que insolente! Gritou o sultão. - como se atreve a dizer tal coisa?!
Então, ele chamou os guardas e mandou que lhe dessem cem chicotadas. Mandou também que chamassem outro sábio para interpretar o mesmo sonho.
O outro sábio chegou e disse:
- Senhor, uma grande felicidade vos está reservada! O sonho indica que ireis viver mais que todos os vossos parentes!
A fisionomia do sultão se iluminou, e ele mandou dar cem moedas de ouro ao sábio.
Quando este saía do palácio, um cortesão perguntou ao sábio:
- Como é possível? A interpretação que você fez foi a mesma do seu colega! No entanto, ele levou chicotadas, e você, moedas de ouro!
Respondeu, então, o sábio:
- Lembre-se sempre, amigo, tudo depende da maneira de dizer as coisas...
Esse é um dos desafios em nossos relacionamentos. Desafio para as lideranças, para os educadores, para todos nós: a maneira de dizer as coisas, porque as palavras têm força, têm poder. Elas podem gerar felicidade ou desgraça, moedas de ouro ou chicotadas, paz ou guerra. A verdade deve ser dita, mas a forma como é feita pode fazer toda a diferença. (AD)
"Tome tempo para adaptar-se às mudanças! Não espere sentir-se imediatamente à vontade depois de uma mudança ou em uma nova situação. É necessário certo tempo para ajustar-se. Se você aprender a ter paciência nesse processo de adaptação, as mudanças que fizer no futuro serão bem mais fáceis." (do livro "Os 100 segredos das pessoas felizes_David Niven)

Nenhum comentário: